Páginas

28 de jul de 2014

Guia do Scrum


Desenvolvido e mantido por Ken Schwaber e Jeff Sutherland

Versão atualizada em Julho de 2013

Guia do Scrum - Versão Português do Brasil





Manifesto Ágil



Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software




Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver
software, fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a
fazerem o mesmo. Através deste trabalho, passamos a valorizar: 
Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas
Software em funcionamento mais que documentação abrangente
Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos
Responder a mudanças mais que seguir um plano
Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita,
valorizamos mais os itens à esquerda.

Princípios por trás do Manifesto Ágil



Nós seguimos estes princípios:Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente
através da entrega contínua e adiantada
de software com valor agregado.

Mudanças nos requisitos são bem-vindas,
mesmo tardiamente no desenvolvimento.
Processos ágeis tiram vantagem das
mudanças visando vantagem competitiva para o cliente.

Entregar frequentemente software funcionando,
de poucas semanas a poucos meses,
com preferência à menor escala de tempo.

Pessoas de negócio e desenvolvedores devem trabalhar
diariamente em conjunto por todo o projeto.

Construa projetos em torno de indivíduos motivados.
Dê a eles o ambiente e o suporte necessário
e confie neles para fazer o trabalho.

O método mais eficiente e eficaz de transmitir
informações para e entre uma equipe de desenvolvimento
é através de conversa face a face.

Software funcionando é a medida primária de progresso.
Os processos ágeis promovem desenvolvimento
sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e
usuários devem ser capazes de manter um ritmo
constante indefinidamente.

Contínua atenção à excelência técnica e bom design
aumenta a agilidade.

Simplicidade--a arte de maximizar a quantidade de
trabalho não realizado--é essencial.

As melhores arquiteturas, requisitos e designs
emergem de equipes auto-organizáveis.

Em intervalos regulares, a equipe reflete sobre como
se tornar mais eficaz e então refina e ajusta seu
comportamento de acordo.



Fonte: http://agilemanifesto.org/iso/ptbr/manifesto.html

22 de jul de 2014

Dica de Andre Esteves


André Esteves, presidente do maior banco de investimentos da América Latina, dá dicas valiosas para sua carreira. Em resumo, não tenha medo de errar, prepare-se tecnicamente e tenha mentalidade de dono.



1 de jul de 2014

Microsoft e Open Source


Sim, você não leu errado. A Microsoft possui sim uma estratégia open source. 

Os motivos que ela estampa em seu site, dedicado exclusivamente ao tema são: é bom para os clientes, é bom para a comunidade, é bom para os negócios.

Vaidades e picuinhas imbecis de radicais de ambos os lados a parte, o que interessa, como sempre digo aos meus alunos é dinheiro. O mercado manda. Ninguém vive de idealismo. As pessoas tem que comer, vestir e para quem tem família, ainda há a responsabilidade de cuidar de alguém. Para isso tem sempre alguém que banca por trás. Portanto, dinheiro é a razão. 

It's all about business! That's it.

Mas vamos ao que interessa, a proposta é boa, e graças a esta inciativa vários produtos e serviços já puderam ser totalmente integrados com iniciativas open source.

Conforme indica o site da empresa, a Microsoft Open Technologies (ou MS Open Tech) e é uma subsidiária da Microsoft e foi fundada em 2012 com o único propósito de criar “pontes” entre os produtos e tecnologias da Microsoft e soluções Open Source.

São exemplos do trabalho realizado neste período:

Abra sua mente! 

Este vídeo institucional é muto bom também: